Comércio, recorde pela comida italiana no exterior, + 12,8% em 2018

21/03/2018


É um recorde histórico para os produtos agro-alimentares Made in Italy no exterior, com as exportações que atingiram € 41,03 bilhões em 2017, aumentando de 7% em comparação ao ano anterior. Isso é o resultado de uma análise da Confederação nacional dos produtores diretos italianos (Coldiretti), com base nos dados Istat (Instituto Nacional de Estatística italiano) definidos em relação ao comércio no exterior em 2017. É um resultado muito positivo, no ano da comida italiana no mundo, que confirma o potencial das exportações dos produtos Made in Italy para a recuperação da economia e dos empregos na Itália.

Em particular, quase dois terços das exportações agroalimentares (€26,7 bilhões) envolvem os países da União Européia. Mas os Estados Unidos, com € 4,03 bilhões, se destacam como o maior mercado extra UE e o terceiro em termos gerais, após Alemanha com € 6,89 bilhões e França com € 4,53 bilhões, e antes da Grã-Bretanha com € 3,34 bilhões.

Na China, de acordo com Coldiretti, tem grandes oportunidades de crescimento, que atualmente são estáveis em €448 milhões, assim como no Japão e na Rússia, onde as exportações continuam sendo fortemente limitadas pelo embargo. O crescimento das exportações Made In Italy é devido aos produtos básicos da dieta mediterrânea, como o vinho (+ 7%), frutas e legumes (+ 2%), queijos (+ 9%) e embutidos (+ 8%).

Fonte: Coldiretti



Todas as Notícias