O Ministro da Economia italiano Roberto Gualtieri introduz um business desk permanente para investimentos ecológicos

04/02/2020


O Ministro da Economia italiano Roberto Gualtieri disse na apresentação do relatório da Ocse ‘Capital Market Review of Italy’ que será lançado um “business desk permanente que funcionará como ponto de referência para empresas e investidores para discutir em conjunto com a [classe] política” as etapas necessárias para implementar investimentos, começando pelos da transição ecológica, melhorando as condições de acesso aos mercados.

A Itália “está no caminho certo”, sublinhou Gualtieri juntamente com o vice-presidente da Comissão da UE, Valdis Dombrovskis e com o secretário geral da Ocse, Angel Gurria. Ele explicou que “o Tesouro começará a emitir títulos soberanos verdes para aumentar os fundos no setor de sustentabilidade. A comercialização será seguida por um sistema de certificações externas” e que também será criada “uma nova comissão interministerial para coordenar essas atividades”.

Segundo o Ministro, “os italianos são bons poupadores, mas não tão bons investidores”, lembrando que a riqueza das famílias é muito pouco investida em instrumentos alternativos aos tradicionalmente mais líquidos e que permanece via de regra em contas correntes e depósitos bancários. “Temos o potencial para direcionar as economias das famílias para investimentos de longo prazo”, mas o ministro destacou que “precisamos dar passos adiante, com ferramentas de investimento para atrair não apenas investidores internacionais, mas também as famílias”.

A União Europeia é favorável à revisão do mercado de capitais na Itália, que, segundo Dombrovskis, “trabalhou duro para fortalecer esse mercado, embora muito mais ainda possa ser feito”. “Para as empresas italianas, o canal bancário permanece predominante para o financiamento. É possível fazer mais para diversificar as fontes de financiamento e isso ajudaria as empresas a se protegerem de choques externos”, concluiu ele.

Fonte: Il Sole 24 Ore



Todas as Notícias