Baggio entrega módulos de plataforma petrolífera

17/11/2016


A companhia brasileira Baggio Shipping & Chartering, associada da Câmara, coordenou o transporte de quatro módulos de elevação de carga pesada da Tailândia à China a bordo do navio de transporte pesado Mega Caravan da TPI Megaline.

A Baggio foi contratada para administrar o projeto por uma EPC brasileira, que era responsável pela construção de vários módulos necessários para a exportação de gás, remoção de CO2, injeção de gás, processamento de petróleo e operações de tratamento da agua, associados com as Unidades flutuantes de produção, armazenamento e transferência (FPSOs – Floating Production Storage and Offloadings) P-75 e P-77, que foram construídas para a operadora petrolífera brasileira Petrobras.

As cargas, entregas à Cosco Shipyard Group em Dalian, incluíam duas seções modulares pesando respectivamente 645 e 1,088 toneladas para o sistema Flare, e duas seções adicionais respectivamente do peso de 1,644 e 1,030 toneladas.

Os módulos foram construídos pela BJC Heavy Indutries no seu complexo industrial em Mat Ta Phut, Rayong, onde as unidades foram carregadas no navio TPI Megaline mediante o uso de Transportadores modulares autopropelidos (SPMTs – Self-Propelled Modular Trailers).

A Baggio coordenará o descarregamento dos módulos em Dalian utilizando a grua flutuante do estaleiro de 3,000 toneladas. A Cosco Shipyard Group integrará as unidades nos cascos das FPSOs.

A Baggio era responsável que a gestão das operações de engenharia naval do projeto respondessem aos mais elevados standards estabelecidos pelo inspetor  de garantia marítima do consumidor, London Offshore Consultants (LOC).

As FPSOs são destinados ao bloco de Buzios, localizado aproximativamente a 200 km da costa do Rio de Janeiro nas reservas do pré-sal nas bacias de Santos. Esse campo petrolífero estima-se que contenha mais de 13 bilhões de barris de petróleo equivalente.

Um total de seis FPSOs serão destinados ao projeto.

Fonte: HLPFI



Todas as Notícias