Com vacinação avançada, Itália eleva previsão de crescimento para 6% em 2021

01/10/2021


O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, disse nesta quarta-feira (29) que o avanço da campanha de vacinação contra a covid-19 está sendo um fator essencial para a recuperação econômica do país, que deve crescer 6% neste ano, ante previsão anterior de 4,5%.

As novas estimativas foram divulgadas pelo governo num momento em que 78,4% do público-alvo da campanha italiana — pessoas com mais de 12 anos — já está totalmente vacinado contra a covid-19.

Draghi afirmou que as vacinas favoreceram a recuperação da economia. “O fato de você poder trabalhar com tranquilidade, de poder viajar, de crianças terem voltado às aulas… isso, para mim, é o ingrediente fundamental para o crescimento e devemos protegê-lo”, disse ele.

O aumento das exportações, o impacto das medidas implementadas pelo governo para apoiar a economia e a melhora da confiança dos consumidores e das empresas, graças à queda nos casos de covid-19, também influenciaram na revisão para cima das previsões.

A tendência de crescimento forte pode continuar em 2022. Para o próximo ano, o governo da Itália prevê uma expansão de 4,2% do Produto Interno Bruto (PIB). Já a dívida pública deve cair para 153,5% do PIB neste ano, após ter atingido 155,6% no ano passado. 

“Há confiança na Itália, entre os italianos e do resto do mundo. Essa é outra notícia importante”, disse o ex-presidente do Banco Central Europeu.

Fonte: Valor



Todas as Notícias