Confira a situação epidemiológica atualizada na Itália

03/12/2021


É o dia 3 de dezembro de 2021, e faz oficialmente 2 anos que o coronavírus acompanha as nossas vidas. Após um ano caracterizado pelo bloqueio, conseguimos tomar o controle da situação e monitorar seu progresso. No ano passado, os governos dos países começaram a administrar as vacinas presentes no mercado. 

A Itália é composta por vinte regiões (incluindo duas ilhas) e tem uma agência para medicamentos, AIFA, mas não é independente e tem que responder às ordens prescritas pela Agência Européia de Medicamentos, EMA. Em apenas alguns meses, a EMA conseguiu estudar e compreender os resultados de várias vacinas desenvolvidas por quatro empresas farmacêuticas globais:

  • Pfizer/BioNTech (duas doses, e dose de reforço)
  • Moderna (duas doses, e dose de reforço)
  • Janssen (dose única, somente acima de 60 anos)
  • Vaxzevria (AstraZeneca) (duas doses, somente acima de 60s)

Estas quatro são as únicas vacinas aprovadas na União Européia, embora a agência reconheça outras vacinas como válidas (por exemplo, CureVac, Sanofi-GSK ou Novavax). Por este motivo, a Itália está vinculada à administração exclusiva de apenas uma das quatro vacinas aprovadas.

Desde o início das administrações até hoje, houve várias evoluções, que serão resumidas nos pontos a seguir:

  • A política de administração começou seguindo a ordem:
    • Pessoal médico
    • Mais de 80
    • Mais de 60
    • Pessoal da escola
    • Mais de 50
    • Acima de 18
    • Entre 12 e 17
  • As vacinas Vaxzevria e Janssen podiam ser administradas sem qualquer limite de idade: seguindo duas circulares separadas emitidas em junho de 2021, o limite de idade foi fixado em 60 anos de idade mínima;
  • A administração da dose de reforço (ou terceira dose) está em vigor desde agosto de 2021, e segue sempre a ordem de administração anunciada no ponto anterior;
  • Cada região é totalmente independente no que diz respeito à administração.

Os gráficos abaixo mostram a evolução das administrações de vacinas na Itália desde o início das injeções até os dias atuais, e também indicam quantas pessoas receberam uma ou mais doses. Nota: aqueles que receberam apenas uma dose entra nas categorias: administração da vacina Janssen, curados, e aguardando a segunda. Os dados são retirados de: https://www.governo.it/it/cscovid19/report-vaccini/.

 

Figura 1 Evolução das doses de dezembro de 2020 a novembro de 2021

 

Figura 2: Número de doses de reforço administradas à população

Um pequeno esclarecimento: a possibilidade de receber a terceira dose foi recentemente disponibilizada para todas as faixas etárias maiores de 18 anos (disponível desde dia 1 de dezembro https://www.ilsole24ore.com/art/vaccini-target-risale-400mila-dosi-giorno-terza-dose-tutti-AEc4c0z), e acima de tudo começou em 5 de novembro de 2021 (https://tg24.sky.it/salute-e-benessere/2021/11/05/terza-dose-vaccino-covid-cosa-sapere#04). 

 

Figura 3: Vacinas administradas à população italiana: divisão de acordo com a quantidade recebida e curados

Atualmente, a quantidade total de vacinas injetadas corresponde a 97.419.007 doses entre todas as regiões italianas. As doses são recebidas da União Europeia e depois a Itália as distribui para as diferentes regiões, com base também no número de centros de administração presentes. A figura a seguir mostra, de acordo com as cores onde a mais clara representa: menos presente, e a mais escura: mais presente, a quantidade de pontos de administração presentes nas diferentes regiões italianas. 

Deste quadro, podemos concluir que, ao contrário do que se poderia pensar, a região da Apúlia (Sul) tem o maior número de centros de vacinação, enquanto no Norte (Friuli Venezia Giulia) algumas regiões têm um menor número de centros presentes em seu território. 

A Itália está entre os países do mundo com o maior número de doses administradas, e esta tendência muito positiva se reflete na confiança nos mercados mundiais, o que está ajudando o país a se recuperar e a emergir lentamente da crise econômica.

Fonte: Governo Italiano



Todas as Notícias