Conheça o Ferragosto, importante data comemorativa na Itália

16/08/2021


O “Ferragosto”, comemorado em 15 de agosto, é um feriado religioso nacional que, na tradição cristã, celebra a Assunção de Maria ao céu. Tal como acontece com muitos outros feriados religiosos, Ferragosto também leva o seu nome e data de um antigo feriado romano, embora neste caso específico estejam envolvidos os acordos entre o Estado italiano e o Vaticano.

O Ferragosto religioso

Segundo a tradição católica, ao terminar sua vida terrena, Maria foi levada ao céu com sua alma e com seu corpo. 

Para a Igreja Católica, Maria é a única pessoa além de Cristo a ser materialmente assumida ao céu: uma antecipação da ressurreição da carne, isto é – segundo os católicos – aquele momento, no fim dos tempos, quando todos os corpos do mortos serão reunidos com suas almas após o Juízo Final.

A Assunção não implica necessariamente na morte de Maria, mas também não a exclui: as várias confissões cristãs divergem neste ponto. 

Ortodoxos e Armênios em 15 de agosto apenas celebram a Dormição de Maria (é chamada de “Dormição” porque Maria não teria realmente morrido, mas apenas caiu em um sono profundo). Os protestantes, por outro lado, não acreditam na Assunção de Maria e não celebram porque esse episódio não é narrado no Evangelho; o dogma católico foi proclamado em novembro de 1950 pelo Papa Pio XII.

O Ferragosto de Otaviano Augusto

A palavra “Ferragosto” deriva da feriae Augusti, o repouso de Augusto, um feriado criado pelo imperador romano Otaviano Augusto em 18 AC. A festa baseava-se em parte na Consualia, as antigas festas romanas celebradas no final do trabalho agrícola e dedicadas a “Consus”, o deus dos celeiros e da fertilidade. 

A instituição do antigo 15 de agosto, portanto, tinha o propósito de reunir um certo número de dias de descanso no final da safra, para permitir que aqueles que haviam trabalhado na lavoura recuperassem as energias. 

Os dias de descanso eram acompanhados de festas e celebrações, que aconteciam normalmente no primeiro dia de agosto. As celebrações foram transferidas para o dia 15 por vontade da Igreja Católica, justamente para trazer a festa popular de volta à Assunção de Maria.

Os trens populares de Ferragosto

“Ferragosto” tornou-se um feriado popular em 1931 graças ao Ministério das Comunicações e ao estabelecimento dos “trens expressos especiais para serviços de férias populares”, conhecidos como “trens populares de Ferragosto”. Instaurados pelo regime fascista, os trens possibilitaram chegar a destinos turísticos a preços reduzidos no mês de agosto e contribuíram para o nascimento do turismo de massa.

Fonte: Il Post



Todas as Notícias