Investidores estrangeiros compraram 8,8 bilhões de euros em títulos italianos em fevereiro de 2021

19/04/2021


Em fevereiro de 2021, os investidores estrangeiros realizaram investimentos diretos na Itália no montante de 2,8 bilhões e compraram títulos em carteira italiana por 8,8 bilhões, concentrados no setor de títulos públicos (7,5 bilhões, principalmente BTP). É o que revela o relatório mensal da Bankitalia “Balança de pagamentos e posição de investimento internacional”.

Em “outros investimentos”, foram registradas entradas relacionadas com a terceira tranche dos empréstimos SURE ao setor público italiano e os passivos do Banco da Itália no TARGET2 diminuíram 14,8 bilhões, enquanto os passivos externos líquidos aumentaram 2 bilhões no segundo mês do ano.

Os ativos estrangeiros líquidos, por outro lado, cresceram 9,6 bilhões. Os residentes fizeram investimentos em títulos de carteira estrangeiros de 16 bilhões (tanto ações de fundos mútuos quanto títulos de dívida de médio-longo prazo) e investimentos diretos de 1,2 bilhão. Por outro lado, seus ativos em empréstimos, depósitos e outros investimentos caíram 7,7 bilhões.

O relatório também destaca que no período entre fevereiro de 2020 e 2021, o superávit em conta corrente foi de 59,2 bilhões de euros (3,6% do PIB), ante 59,4 bilhões no mesmo período até fevereiro de 2020. O aumento do superávit mercantil (67,3 bilhões, de 62,4) e o superávit da renda primária (17,2 bilhões, de 14,8) foram compensados pela piora do déficit em serviços (-5,5 bilhões, de -1,4) e da renda secundária (-19,8 bilhões, de -16,3).

Fonte: La Reppublica



Todas as Notícias