Nova Alitalia prestes a decolar!

26/07/2021


A nova Alitalia poderá nascer em breve, talvez já nesta semana. De acordo com fontes confiáveis, o acordo com Bruxelas está próximo e fará com que a Ita (Itália transporte aéreo) assuma as atividades de voo da companhia aérea em administração extraordinária. Será uma Alitalia mais enxuta, com 4.500-5.000 funcionários e 55-60 aeronaves.

Há muitos desligamentos, cerca de 5.800, em comparação com aqueles que seguirão o ramo de voo, a serem geridos em grande medida com a reforma antecipada. Muito dependerá do futuro das atividades de manutenção e manuseio: o entendimento sobre isso está sendo tratado com Bruxelas e prevê que o primeiro é vendido para Atitech, enquanto o manuseio irá para licitação. Na verdade, sobre estes aspectos o acordo ainda está sendo alinhado, especialmente sobre a presença ou não da Ita nas duas empresas e com que ações. Uma hipótese poderia ser que, ao lidar com Ita, esta mantém a maioria.

A questão do nome parece ter sido resolvida: Alitalia permanecerá, embora ainda não esteja excluído que não é um período teste, para garantir a continuidade. Há poucos dias, o ministro da Economia, Daniele Franco, que disse: “Eu acho que o valor da marca é reconhecido e ainda será mantido”. Como sabem, a Comissão gostaria que a marca, bem como outras atividades não relacionadas com o voo, fossem a leilão.

Na quinta-feira passada, Franco anunciou que “nos aproximamos de uma solução”, recordando que o nó é a descontinuidade solicitada pela Comissão Europeia entre Ita (Itália, transporte aéreo) e Alitalia. O Governo e a Comissão teriam chegado a um acordo sobre a Millemiglia (que será vendida) e sobre o sacrifício de faixas horárias, em parte em Linate (e talvez mesmo em Roma).

Durante o fim de semana, os rumores de que a conclusão da longa história estaria muito perto voltaram a se intensificar e talvez já nestes dias poderia-se chegar à assinatura. Na quarta-feira, haverá uma reunião entre Giancarlo Giorgetti, chefe do Departamento de Desenvolvimento Económico, e a Vice-presidente da Comissão, Margrethe Vestager, bem como a Comissária responsável pela Concorrência. A reunião, em Bruxelas, tem foco em outras questões – também porque o Mise supervisiona a administração extraordinária, não Ita – mas todo mundo espera que o Giorgetti enfrente a questão Alitalia. A assinatura do acordo, porém, cabe ao ministro Franco. E os mais otimistas estão a tentar fechar o ciclo.

Embora Bruxelas seja mais cautelosa – e fale apenas de contatos com as autoridades italianas – existe mais otimismo a nível interno. “Enquanto isso, também estamos trabalhando para encontrar um parceiro. Um aspecto que vamos enfrentar em uma fase posterior”, disse Franco na última quinta-feira. Segundo aqueles que a acompanham de perto o processo, também estão em curso concretas negociações para a entrada da Lufthansa, embora haja também a possibilidade de um acordo com a empresa aérea americana Delta.

Por fim, lembramos que associados à Câmara têm descontos especiais em passagens da Alitalia!

Fonte: La Repubblica



Todas as Notícias