O presidente do BNDES, Joaquim Levy, apresenta oportunidades a empresas italianas

09/05/2019


O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, participou nessa segunda-feira (6) de um evento no Rio de Janeiro para apresentar oportunidades de investimento a empresas italianas.

O encontro foi organizado pela Embaixada da Itália em Brasília, no âmbito de uma série de iniciativas para favorecer o diálogo entre a comunidade empresarial do país europeu e as autoridades brasileiras.

“Foi um evento bastante positivo, uma antecipação de excelente nível para a realidade italiana presente no Brasil”, disse à ANSA o embaixador Antonio Bernardini.

Em sua apresentação, feita por videoconferência, Levy ilustrou a demanda por investimentos no país ao longo dos próximos 20 anos, com destaque para setores como logística (US$ 1 trilhão), energia (US$ 630 bilhões, sem contar óleo e gás) e saneamento (US$ 274 bilhões).

O evento contou com a participação de dezenas de empresas italianas, que lotaram o auditório do Consulado-Geral do país no Rio de Janeiro. “Foi muito boa a participação. Esperamos que, além das mil empresas italianas que operam no Brasil, outras possam se unir a esse grupo que está coletando oportunidades aqui”, acrescentou Bernardini.

O Presidente da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, Alessandro Barillà, presente no evento, observou grande interesse por parte das empresas participantes, especialmente nos temas da Infraestrutura e da Energia Solar Fotovoltaica. “O BNDES mostra uma nova atuação mais próxima às empresas, à concorrência e aos grupos internacionais”.

O managing partner da GM Venture, Graziano Messana, que também marcou presença, disse que vê oportunidades “muito grandes” no setor de saneamento. “Tem um monte de empresas italianas com muita tecnologia nesse setor e com apetite para investir no Brasil”, explicou.

O seminário com Levy se segue ao encontro de empresas italianas com o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, em 13 de março, em Brasília. Segundo o embaixador Bernardini, o objetivo agora é organizar um evento com o ministro da Economia Paulo Guedes.

 

Fonte: ANSA



Todas as Notícias