Série de eventos celebra Primo Levi no Rio de Janeiro

08/01/2016


Em ocasião do 71° aniversário da libertação de Auschwitz (Polónia), a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro agendou dois eventos sobre a obra de Primo Levi (1919-87), que foi prisioneiro no campo de concentração nazista.

Reconhecido por obras quais “É isto um homem?”, depois de onze meses de detenção, Primo Levi tornou-se uma das testemunhas mais valiosas dos horrores da Segunda Guerra Mundial.
Apesar da publicação das suas obras ter sido recusada no pós-guerra, seus relatos sobre o Holocausto vêm sendo resgatados para que sua mensagem seja levada adiante.
Ao fim de remarcar a importância fundamental do seus textos, a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro convida todos os cidadãos a participarem de dois eventos:

  • Dia 27 de janeiro, às 17h, o editor e acadêmico italiano Domenico Scarpa fará a leitura da Conferência Primo Levi, texto produzido pelo Centro Internazionale di Studi Primo Levi di Torino;
  • Dia 29 de janeiro, às 17h, Domenico Scarpa e Fabio Levi, diretor do Centro Internazionale di Studi Primo Levi, apresentarão o livro “Assim foi Auschwitz”.

Local: Biblioteca Nacional – Av. Rio Branco, 291, Rio de Janeiro – Centro Tel. (21) 3095-3862

(Fonte: Folha de São Paulo)



Todas as Notícias